PALAVRA DO PRESIDENTE

Sindhoteis defende verbas rescisórias de trabalhadores

Um grupo de trabalhadores demitidos do Praiamar Hotel aguarda, há mais de 30 dias, o pagamento de suas verbas rescisórias. O descaso com os direitos trabalhistas destes profissionais levou o presidente do Sindhoteis, Luiz Henrique, a procurar a direção do estabelecimento para negociar as pendências.
Acompanhado da diretora social do sindicato, Maria Raimunda, e de uma comissão dos trabalhadores demitidos, Luiz Henrique foi recebido pelo proprietário do hotel, Manuel Castro, nesta quarta-feira (20), na sede do próprio hotel.
IMG-20150819-WA0026
Na ocasião, o representante do Praiamar propôs o pagamento parcelado da dívida, ao que a comissão do Sindhotéis optou por uma reunião, na próxima segunda-feira (24), às 9h, para avaliar a proposta diante de toda a diretoria e departamento jurídico do sindicato.
“Infelizmente ainda há desrespeito por direitos tão básicos do trabalhador. As verbas rescisórias são fundamentais para essas pessoas que, por hora, não poderão contar com um salário. Nós estamos lutando pelos direitos destes profissionais e lutaremos sempre que nossa categoria tiver seus direitos desrespeitados.”, assegurou o presidente do Sindhoteis.
Imprensa Sindehotéis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *