Sehama encaminha proposta de reajuste indecente e Sindehotéis rejeita

IMG-20180622-WA0003

O Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação do Maranhão (Sehama) na pessoa do presidente Paulo Coelho, encaminhou ao Sindehotéis-MA, na tarde de quarta-feira, 13 de junho, uma proposta de reajuste salarial de 0,5%; percentual indecente e vergonhoso para o Sindicato Laboral e para seus trabalhadores.

Omissão, descompromisso ou desrespeito com a categoria? Mais uma vez, o presidente do Sehama, Paulo Coelho, deixou claro e transparente seu descompromisso com os trabalhadores do segmento, o qual ele próprio atua e se beneficia da mão de obra suada dos trabalhadores. É intransigente e sem noção ao encaminhar um percentual indigno a classe de hospedagem e gastronomia.

Será que Paulo Coelho, presidente do Sehama não sabe que a mão de obra dos trabalhadores que faz as empresas crescerem e se desenvolverem constantemente? Como pode encaminhar uma proposta de quase 0% de reajuste salarial?

A diretoria do Sindehotéis gestão Fortalecendo a Luta repudia esse ato malicioso, que atinge a classe dos trabalhadores e fere a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

“Não podemos sentar á mesa de negociação e dar inicio ao diálogo com 0,5% de reajuste salarial. É uma proposta indecente e desrespeitosa com o Sindicato Laboral e com os seus trabalhadores. O Sindehotéis é flexível e sempre aceitou as discussões das propostas encaminhadas pelo Sindicato Patronal. Não vamos aceitar um percentual vergonhoso como esse. Peço por favor que reformule a proposta de reajuste”, reivindicou o presidente Luiz Henrique ao representante do Sindicato Empresarial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *