Sindehotéis fortaleceu a mobilização do Dia Nacional de Paralisação no centro da capital

IMG-20160923-WA0009

“Por nenhum direito a menos”. A diretoria do Sindehotéis, em conjunto com centrais sindicais, sindicatos locais e movimentos sociais mobilizaram-se na tarde de ontem, 22 de setembro, na Praça Deodoro, contra as propostas anunciadas pelo governo Temer que irão atingir negativamente os direitos sociais e trabalhistas do cidadão brasileiro. O ato, além de alertar a sociedade para as reformas que estão sendo promovidas por Temer e também em defesa da democracia, simbolizou um ensaio preparatório de uma greve geral, que promete parar o país.

IMG-20160923-WA0010

Representando o presidente do Sindehotéis, Raimundo Pedro de Jesus, membro da diretoria da entidade e presidente do Sintrarc, falou da importância do movimento classista. “A classe trabalhista está unida para enfrentar este momento de retrocesso. Estamos reunidos em uma mobilização de repúdio à todos os atos que esse governo quer promover contra a classe trabalhista.

IMG-20160923-WA0011

O governo de Temer prevalece a burguesia e vem para sacrificar o trabalhador brasileiro; estão querendo colocar uma jornada que é desumana, não tem funcionário que sustente trabalhar 12h por dia, isso é escravidão. E o Sindehotéis não vai aceitar esse ataque nefasto aos diretos dos trabalhadores, rumo à greve geral”, declarou o sindicalista. O evento contou, ainda, com apresentações culturais promovidas por artistas locais.

IMG-20160923-WA0008

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *