Presidente do Sindehotéis participa do curso de Negociação Coletiva de Trabalho

IMG-20160604-WA0034

O presidente do Sindehotéis, Luiz Henrique Pereira da Silva, participou do curso de Negociação Coletiva de Trabalho, promovido pelo Fórum Sindical Permanente de Trabalhadores do Maranhão, organizado por várias entidades sindicais e com apoio Departamento Intersindical de Estatística e Estudo Sócioeconômico (DIEESE). O evento foi realizado durante os dias 02, 03 e 04 de junho no auditório do Sindicato dos Bancários, situado na Rua do Sol, Centro.

Também participaram do curso as diretoras do Sindehotéis Ana Mendonça Silva e Maria Raimunda Martins, do financeiro e Social, respectivamente.

IMG-20160605-WA0002

Durante o curso foi desenvolvido conceitos de legislação na negociação e seus aspectos legais, dando ênfase sobre as formas de negociar, os dissídios e as convenções coletivas de trabalho, sobretudo em seu campo sistemático de atuação.

“O processo trabalhista de negociação requer estratégias para discutir e debater as questões salariais durante as rodadas. Esse processo necessita da prática conceitual de legislação no âmbito das negociações, por isso, é preciso um conhecimento vasto das funções tratadas. O curso teve um amplo desenvolvimento para os dirigentes sindicais no que desrespeito o processo de negociação. Com todo esse processo quem ganha é a classe trabalhadora que ficará nos cuidados dessa entidade sindical em qualquer situação adversa ou errônea por parte do patronal”, pontuou Luiz Henrique.

IMG-20160604-WA0021

Vale ressaltar que normas e técnicas estabelecem o papel de cumprir as devidas negociações representando a classe trabalhadora no processo salarial; isso se torna evidente para que a empresa respeite o trabalhador e os seus direitos. “Enquanto representante dessa classe, estarei aprimorando o conhecimento e atribuindo as devidas orientações. Os trabalhadores precisam conhecer seus direitos para tornar a unidade sindical mais forte e atuante dentro do enfrentamento das diversas situações encontradas”, frisou o presidente.

IMG-20160604-WA0004

Para a diretora financeira, Ana Mendonça, com experiência no meio sindical, ressaltou a relevância das discussões elencadas e avaliou positivamente a qualificação do curso expandido. “Fico muito feliz em participar de mais um curso dessa magnitude. As temáticas do assunto, na prática, requerem estratégias diferenciadas para as negociações com os empresários. Negociar é uma prática que necessita de estudo e conhecimento”, disse a sindicalista.

Já Maria Raimunda Martins, diretora social, avaliou como bastante positivo. Para ela, cursos dessa natureza, contribuem para o entendimento de questões específicas em relação a todos os parâmetros de negociação. “Muito positivo. Agora é colocar em prática mais uma porcentagem de conhecimento do assunto. Nossa classe trabalhadora necessita de dirigentes preparados para o enfrentamento de tais questões”, pontuou.

O fortalecimento e empoderamento do campo, ressalta a relevância do curso para a democratização das relações trabalhistas, impulsionando as entidades sindicais para promover a mediação durante as negociações coletivas, uma vez que o trabalhador não tem a prática de negociar.

O curso, pela sua magnitude, objetiva o desenvolvimento da atividade sindical nas reuniões de planejamento ou avaliações de campanha; principalmente nas rodadas de negociação conjecturando as diversas formas e criação do processo salarial dos trabalhadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *